quarta-feira, 12 de novembro de 2008

meu pczinho

Adaptador de rede

A conexão caiu e liguei imediatamente para o provedor porque ficar sem o meu bebê meu pczinho querido é complicado. Viciei-me em escrever, conversar com amigos, ler os sentimentos deles que por vezes parecem os meus.
Depois de alguns testes o operador do suporte diagnosticou - precisa trocar o adaptador de rede.
Não entendo nada disso, sei muito mal digitar catando milho mas procurarei me informar numa loja de informática e providenciar o mais rápido possível a troca dessa peça. Depois que entrei na inclusão digital estou difícil de sair. Eita vício danado de bom! Mesmo que algumas pessoas digam que é ruim eu acho bom e vale é a minha opinião, a minha opção.

Então meus amigos e possíveis leitores se por acaso não me virem não se preocupem a culpa é do adaptador de rede.
Enquanto isso vou usando e abusando do meu companheiro de lazer já que a minha insônia, depois de uma trégua resolveu voltar.
E como gosto da madrugada, do silêncio quebrado pelo barulho do ventilador ou do som baixinho que agora me encanta com a voz do Renato Russo cantando Indios.

(...)

E é só você que tem
A cura do meu vício
De insistir nessa saudade
Que eu sinto
De tudo que eu ainda não vi.

Quem me dera
Ao menos uma vez
Acreditar por um instante
Em tudo que existe
E acreditar
Que o mundo é perfeito
Que todas as pessoas
São felizes...

Um comentário:

sementes diárias disse...

Esse nosso vício,heim? É mesmo assim...Ficamos perdidas sem o computador. Que coisa! Ainda bem que arrumaste uma bela companhia ppra tua insônia! um beijo,chica